QUAL O SERVIDOR DE ARQUIVOS NA NUVEM IDEAL PARA A SUA EMPRESA?

Existem recursos que são essenciais para as atividades corporativas em Cloud de qualquer negócio. O mercado apresenta uma quantidade gigantesca de opções para servidores de arquivos em Nuvem, mas qual o que melhor se encaixa em suas exigências e atende aos seus requisitos pessoais?

NADA DE GAMBIARRA – ESPECIALISTAS EM AÇÃO

Muitos negócios, por terem sistemas criados do zero por profissionais inexperientes, não utilizam tecnologias dinâmicas especializadas para o mercado empresarial. Grande parte dos problemas dessas companhias encontra-se concentrada em atividades de normalização da rede e desconstrução de erros anteriores. Tornando parte da mão-de-obra dos experts focada não em eficiência ou futuros processos de congruência administrativa, mas em consertos básicos, que poderiam ter sido evitados caso estivessem no projeto desde o início.

Estruturar corretamente seu projeto de TI e incorporar a ele a Nuvem no decorrer de seu andamento é a maneira mais estável e segura de se realizar a transição dos dados do seu negócio.

LACRADO COMO UM COFRE – PREVENTIVO E COMBATIVO

Evitar invasões e bloquear vírus são o básico para uma solução servidor de arquivos na nuvem ideal. Porém, deve haver um equilíbrio entre criar diversas chaves de acesso e ter um passe livre às informações. Um robusto e inteligente sistema de Nuvem é capaz de identificar suspeitos e informar os responsáveis pela rede quanto à tentativa de acesso e dar a ele a capacidade de remover o estranho do sistema.

FLEXIBILIDADE – ACESSE ONDE E QUANDO QUISER

O conceito da Nuvem pressupõe a mobilidade e adaptação dos arquivos aos usuários em qualquer plataforma. Migrando de PCs para Smartphones em questão de segundos, sem danificar ou adulterar as informações obtidas. A maioria dos sistemas se preocupa mais com a quantidade de armazenamento do que com seu formato. O que dificulta o acesso do usuário aos seus dados, iludindo-o quanto à flexibilidade de sua Nuvem.

Outras plataformas também permitem a mobilidade de espaço de armazenamento. Compartimentalizando uma cota interna entre os colaboradores e adaptando-a de acordo com as necessidades das equipes entre si. Por exemplo, se cada funcionário tem direito a 5 GB, mas um usa 2 GB, esses 3 GB excedentes podem ser divididos entre quem precisa de mais espaço para seus arquivos.

CUSTO-BENEFÍCIO

Muitas vezes o famoso ditado está correto – O barato sai caro. Investir no seu sistema de TI e no servidor de Nuvem, é preciso, sem economizar em detalhes de alta prioridade. Ter uma fundamentação rígida e que atende às suas demandas lhe dará a segurança e confiança necessária para alavancar seu negócio e focar em tratativas benéficas para toda a empresa, sem o desconforto propiciado por uma suposta falta de estruturação do seu banco de dados em Nuvem.

ESCALABILIDADE – O CÉU É O LIMITE

Não é por ser uma Nuvem que não se pode voar alto. Um sistema de Nuvem que agora é perfeito pode não ser mais em questão de semanas, pois sua empresa é suscetível as mais variadas mudanças. Por conta disso, sua rede deve ser tão ágil quanto seu negócio. Permitir a incorporação de novos ativos e aplicações dinâmicas que o futuro pode oferecer acaba sendo um pré-requisito ao servidor de arquivos na nuvem ideal.

 

Fonte: Penso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *